sábado, 23 de Agosto de 2014

O dia de hoje...

... dói como se estivéssemos, novamente, a acabar...

quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

Sonhar contigo...

Esta noite sonhei contigo... não te vejo há anos... nem sei como estás...

Conversámos... disse-te não perceber muita coisa... Disseste que tinha de ser assim...

Combinámos coisas... Fiquei de passar em tua casa...

Acordei... tive alguma pena de não ter, efectivamente, falado contigo...

Saudades das nossas conversas...

Desilusão...

Quanto mais sei do mundo e das pessoas que me rodeavam e que escolhi afastar, mais triste e desiludida me sinto... "Desilusão" no sentido mais usado e "Des+ilusão"... de sair da ilusão...

Há coisas que dói saber... Podemos concluir que há pessoas que, se calhar, não seriam como se pintavam... mas o saber que há mentira baixa... é desprezível... Há gente que não merece a mão que se lhes deu...

sexta-feira, 4 de Julho de 2014

Pensamento...

Penso muitas vezes em ti... Não te vejo há tantos anos...

É frequente sentir o teu cheiro... pelo menos, o cheiro que ficou na minha memória... Consigo senti-lo inopinadamente... de repente... inunda-me... Sem algo sequer transportar esse aroma...

Aquele CD continua a levar-me a sítios onde estivemos... a momentos tão nossos...

Penso em ti muitas vezes... Quanto tempo já passou...

Terás cabelos brancos? Rugas? Ainda usas o mesmo perfume? As tuas mãos envelheceram?

Quem és?

sábado, 17 de Maio de 2014

O teu cheiro...

Hoje alguém tinha o teu cheiro... ainda o sinto...

Vieram memórias de noites proibidas... de quando o teu cheiro ficava em mim...

Noites nossas... noites clandestinas...

Noites que não se irão repetir... apenas memórias na minha mente, que vivo quando alguém com o teu cheiro passa junto a mim...

quarta-feira, 26 de Março de 2014

26MAR

Há dias assim... e, ultimamente, têm sido todos... de um sentimento estranho de saudades de alguém que fui no passado... de um passado... olho para os meus passados e quero um bocadinho de cada... e o peito aperta... o coração sufoca... viajo anos no tempo... e há passados mais fortes... e a música todos os dias na cabeça quando acordo... podia ser "the movie on my mind"... silêncio que não percebo... anjo és? Folhas que caíram e apodreceram no chão... depois da chuva... sinto cheiros... e eu que não gosto de mentol... irei ter sempre comigo o cheiro do livro... Não te sinto... não és real... quem és tu, soma de passados que o tempo deixou... o presente que mistura passado com outros mundos e que inverte o tempo... e vive-se o que não é real... faz-se um futuro do passado... o passado que nunca será futuro mas que está algures no presente... mas, assim, também é futuro... o futuro é um nano-segundo... E quer-se o mundo... e vive-se devagar... e tem-se o mundo... e se os sonhos são realidade, como se vive sem sonhos? Luta-se por quê? Por um quem? Um quem de que cronologia? Da que construímos ou da que nos construiu?
E depois o outro perguntou: quem sou eu?

quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

Colapso…

Não estou…

quinta-feira, 2 de Agosto de 2012

Hoje, não…

Hoje, não quero estar…
Tenho sono e não apetece dormir…
Sinto uma espécie de apatia…
Tenho preguiça de dormir…
Vou dormir… a preguiça de estar é maior…
Hoje, não estou…